• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Holanda faz 5 e humilha campeã Espanha em revanche na BA

 Holanda faz 5 e humilha campeã Espanha em revanche na BA
Digiqole ad

Diz o ditado: a vingança é um prato que se come frio. Neste caso, gelado. Impressionou a frieza de Robben para driblar Piqué, Sergio Ramos, Casillas e quem mais estivesse na frente para marcar dois lindos gol na humilhante goleada por 5 a 1 da Holanda sobre a Espanha, nesta sexta-feira, pela 1ª rodada do grupo B da Copa do Mundo.

Na reedição da última final mundial, o meia-atacante “pagou” com sobras a dívida que deixou há quatro anos, quando perdeu uma chance clara na frente de Casillas no momento em que o placar ainda mostrava 0 a 0, e comandou a histórica e antológica virada da “Laranja Mecânica” na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Foi uma vingança com sobras pela dolorida derrota da África do Sul. Muitas sobras.

Com direito a lances humilhantes, como o do quinto gol, quando o carequinha fez Casillas cair cruelmente duas vezes no chão antes de mandar para as redes.

A forra veio nas arquibancadas, com a torcida holandesa gritando “olé” a cada toque de bola de sua equipe, deixando os espanhóis completamente calados na capital baiana.

Antes disso, a Oranje teve que mostrar muita garra para virar após os ibéricos saírem na frente: aos 26 do primeiro tempo, Diego Costa, muito vaiado pela torcida brasileira, cavou um pênalti mandrake, que Xabi Alonso bateu para inaugurar o marcador.

Os espanhóis seguraram o placar até os 44 minutos, quando Blind cruzou bem para van Persie dar um lindo peixinho e empatar, encobrindo um surpreso Casillas.

Na segunda etapa, porém, brilhou a estrela do endiabrado Robben. Com rápidas arrancadas, ele infernizou a vida da zaga adversária e comandou a virada. Primeiro, recebeu lindo passe de Blind, limpou Piqué com a maior facilidade do mundo e bateu para marcar.

Depois, os comandados de Louis van Gaal ainda marcaram com o zagueiro de Vrij, completando falta cruzada na área por Sneijder, e com van Persie, aproveitando uma presepada inacreditável do goleiro Casillas, que entregou a bola em seus pés. O atleta do Manchester United acabou eleito o melhor jogador em campo pela Fifa.

Nos lances finais, a “Fúria” ainda se salvou de uma humilhação ainda mais histórica, com o arqueiro defendendo de maneira milagrosa dois chutes à queima-roupa.

Com o triunfo, os holandeses somam seus primeiros três pontos no Mundial e assumem a liderança da chave, com saldo +2. A “Fúria”, por sua vez, é lanterna, sem nenhum ponto e saldo -2. Mais tarde, às 19h (horário de Brasília), Chile e Austrália fecham a rodada do grupo B em Cuiabá, com transmissão ao vivo dos canais ESPN e do WatchESPN.

Na próxima rodada, a Espanha tenta se recuperar da derrota contra o Chile, na quarta-feira (dia 18), às 16h, no Maracanã, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, mas às 13h, a Holanda tenta seu segundo triunfo contra a Austrália, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA 1 x 5 HOLANDA
Copa do Mundo 2014 – Grupo B – 1º rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador-BA
Data: 13 de junho de 2014, sexta-feira
Horário: 16h (horário de Brasília)
Público: 48.173 torcedores
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Assistentes: Renato Faverani e Andrea Stefani (ambos ITA)
Cartões amarelos: van Persie, de Guzman e de Vrij (HOL)

GOLS
ESPANHA: Xabi Alonso (pênalti), aos 27 minutos do primeiro tempo
HOLANDA: van Persie, aos 44 minutos do primeiro tempo, Robben, aos 8 e aos 35, de Vrij, aos 19, e van Persie, aos 27 minutos do segundo tempo

ESPANHA: Casillas; Azpilicueta, Sergio Ramos, Piqué e Jordi Alba; Busquets, Xabi Alonso (Pedro), Xavi, Iniesta e David Silva (Fábregas); Diego Costa (Fernando Torres) Técnico: Vicente Del Bosque

HOLANDA: Cillesen; Janmaat, Vlaar, de Vrij (Veltman), Martins Indi e Blind; de Jong, de Guzman (Wijnaudum) e Sneijder; Robben e van Persie (Lens) Técnico: Louis van Gaal

 

Crédito: ESPN

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat