• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Hegemonia assegurada: Brasil goleia o Irã e é pentacampeão do Grand Prix

Digiqole ad

A seleção brasileira de futsal venceu o Irã por 7 a 1 neste domingo, em Anápolis, e se sagrou campeã do Grand Prix. É o penta do Brasil, que foi o campeão de todas as edições do torneio até hoje, que começou em 2005. Para valorizar ainda mais a conquista, o time terminou a competição com incríveis 100% de aproveitamento.

– Tirei um peso das minhas costas. Os jogadores já são consagrados, mas eu cheguei agora. Estou satisfeito e muito aliviado – disse o técnico Marcos Sorato, que conquistou seu primeiro título no comando da seleção brasileira.

Além do troféu, o Brasil ainda teve o artilheiro da competição: Falcão, com dez gols. A seleção verde e amarela nunca perdeu ou empatou nenhum jogo na história das cinco edições do Grand Prix: são só vitórias. Apesar do domínio absoluto do Brasil no torneio, o capitão Vinícius valoriza a conquista:

– Nunca é chato ganhar, chato é perder. Agora, vamos curtir as férias com a cabeça tranquila e a sensação de dever cumprido. É sempre bom ganhar título pela seleção – decretou o capitão do Brasil.

O ala Ari, que marcou o segundo gol brasileiro na final, concorda com Vinícius, e falou da importância da conquista para os jogadores.

– É mais um título, importante para manter a chama da vitória acesa. Todo mundo queria ganhar desde o Mundial e este foi muito importante – diz.

A seleção começou bem a partida. Com menos de três minutos de jogo, Gabriel recebeu e tentou um toque para o meio. O iraniano Tayebi se enrolou e acabou jogando contra a própria meta: 1 a 0 para o Brasil. A partir daí, a missão de Falcão e cia se facilitou. O time virou o primeiro tempo vencendo por 5 a 0.

Com tamanha vantagem, a seleção voltou tranquila para o segundo tempo. O Irã conseguiu um gol, mas Wilde e Lukaian marcaram para o Brasil e fecharam o placar de 7 a 1.

Esta foi a segunda final disputada entre Brasil e Irã. Em 2007, a seleção verde e amarela derrotou os iranianos por 4 a 0 na decisão do Grand Prix e foi, na época, tricampeã.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat