• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Governo anuncia que calendário de vacinação infantil vai mudar

Digiqole ad

O Ministério da Saúde anunciou ontem duas alterações no calendário da vacinação infantil, a partir do segundo semestre.

A primeira mudança é na imunização contra a pólio, que passará a combinar a forma atual, em gotas, com a nova, injetável.

A forma injetável é considerada mais segura, reduzindo riscos de possível contágio, apesar de serem raros os casos em que a vacina está ligada a casos da paralisia.

A pólio
Como é: A primeira dose é dada aos dois meses de idade. A segunda, aos quatro meses, e a terceira aos seis meses. Aos 15 meses, há um reforço.

O que vai mudar: As duas primeiras doses serão injetáveis. As duas seguintes e as das campanhas anuais continuam sendo em forma de gotas.

A pentavalente
Como é: Hoje, a vacina tetravalente é aplicada em três doses. Ainda prevê dois reforços até os quatro anos. A vacina contra a hepatite B também é dada três vezes.

Como será: A pentavalente vai reunir á tetravalente e contra a hepatite B. Manterá o esquema das três doses, mas terá uma dose apenas da hepatite B ao nascer. Terá o reforço de duas doses da tríplice (bacteriana), aos 15 meses e quatro anos de idade.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo Rádio Esmeralda

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat