• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Estreia de gala: com Marta e Cristiane, Peixe dá de dez

Digiqole ad

Tudo correu de acordo com o script. As Sereias da Vila, sob o comando de Marta e Cristiane, deram uma mostra do que vem por aí nos próximos três meses. Como um rolo compressor, as meninas do Santos esmagaram o Comercial-MS por 10 a 0, nesta quarta-feira à noite, no estádio Morenão, em Campo Grande. O amistoso serviu para apresentar o time alvinegro que disputará a Copa Brasil e a Taça Libertadores feminina entre setembro e dezembro. Além de Marta e Cristiane, estrearam pelo Peixe a atacante Érika e a meia Fran.

Os torcedores que compareceram ao estádio não têm do que reclamar. Antes da bola rolar, queima de fogos, homenagem a Marta. Quando a juíza apitou, show. Mesmo cansada da viagem e da intensa agenda de compromissos com patrocinadores que teve de cumprir antes da partida, a camisa 10 fez o que se espera dela. A cada drible, a cada arrancada, aplausos, gritos, flashes.

Cristiane, a fiel escudeira da Rainha, também fazia das suas. Com muita força e velocidade, deixava marcadoras para trás com extrema facilidade. A resistência das meninas do Comercial durou apenas sete minutos, quando a atacante abriu o placar.

A diferença física entre as duas equipes era gritante. E técnica ainda mais. Marta driblava, pedalava, deixava adversárias no chão e fazia gols. No primeiro tempo, ela marcou dois: aos 20 e 24 minutos, sempre em jogadas combinadas com Cristiane, que balançou a rede mais duas vezes, completando jogadas da parceira, aos 33 e 38. Uma dupla afiadíssima. Outra estreante da noite, Érika deixou sua marca aos 29 da etapa inicial.

Para parar Marta, só com faltas. E quem cometia, ficava marcada pela torcida, que não perdoava as pancadas e vaiava implacavelmente quem cometesse a heresia de derrubar a Rainha.

craque santista permaneceu em campo até os 30 minutos do segundo tempo. Ainda teve tempo para construir as jogadas do oitavo e novo gols santistas (o sétimo foi marcado por Callan). No oitavo, arrancou pela esquerda e sofreu pênalti convertido por Fran. No nono, acertou lançamento na medida para Érika.

Quando a placa com o número 10 subiu, sobrou para o técnico Kleiton Lima, que já havia avisado que pouparia a craque.

– Burro, burro, burro! – gritaram torcedores, mais de forma irônica do que como um protesto.

Com a saída de Marta, o jogo terminou. Quer dizer, a bola continuou rolando, mas a torcida começou a deixar o estádio em peso. O espetáculo estava completo. O que aconteceria depois, o décimo gol santista, marcado por Suzana, foi um mero detalhe.

Para não perder a conta, internauta: 10 a 0. Cristiane (3), Marta (2), Érika (2), Fran, Callan e Suzana.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat