• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Estratégia de Kerr funciona, Warriors vencem os Cavs e empatam a série

 Estratégia de Kerr funciona, Warriors vencem os Cavs e empatam a série
Digiqole ad

Uma mudança de estratégia fez com que o Golden State Warriors ressurgisse nas finais da NBA, a liga americana de basquete. O técnico Steve Kerr deixou o pivô Andrew Bogut no banco quase todo o tempo e apostou em uma formação mais rápida e ágil para superar a defesa do Cleveland Cavaliers. Com a volta do trabalho coletivo que marcou a melhor campanha da temporada regular, o time da Califórnia ainda se aproveitou de uma noite ruim de LeBron James para vencer com autoridade por 103 a 82, fora de casa, nesta quinta-feira, empatando em 2 a 2 a série melhor de sete. O próximo confronto será no domingo, às 21h (de Brasília), em Oakland. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real.

Andre Iguodala, titular pela primeira vez em toda a temporada, e Draymond Green conseguiram se superar e vencer o tamanho do garrafão adversário. A dupla marcou 22 e 17 pontos, respectivamente. Stephen Curry, em noite consistente, anotou 22. Já o brasileiro Leandrinho jogou por menos de sete minutos e contribuiu com apenas dois.

 

Aparentando muito cansaço, LeBron James não conseguiu acertar a mão nos arremessos e errou cinco de 10 lances livres, terminando a partida com 20 pontos. Ainda assim, o astro de Cleveland ficou perto de outro triplo-duplo ao somar 12 rebotes e oito assistências. Timofey Mozgov fez a maior partida da carreira na NBA, com 28 pontos e 10 rebotes, enquanto Tristan Thompson anotou outro duplo-duplo: 12 pontos e 13 rebotes.

Com o resultado desta quinta-feira, ficam garantidos ao menos mais dois jogos na série. Independentemente do vencedor da partida de domingo na Califórnia, a final volta a Cleveland para o jogo 6 na próxima terça-feira. Se necessário, o sétimo e decisivo jogo no dia 19 de junho.

O jogo

Quando a partida começou, parecia que a aposta de Steve Kerr em um garrafão mais leve não daria certo. Um passe de costas de LeBron James para um enterrada de Mozgov e o pedido de tempo dos Warrios com o jogo 7 a 0 a favor dos Cavaliers deram a impressão de domínio completo dos donos da casa. No entanto, a velocidade que a entrada de Iguodala no lugar de Bogut na escalação inicial proporciona, a reação aconteceu. E, com contra-ataques finalizados pelo próprio Iguodala, o time de Golden State voltou a seu jogo habitual. Não só se recuperou no placar, como viu o astro de Cleveland ficar irritado com a arbitragem, abrindo 31 a 24 no primeiro quarto.

A estratégia de Steve Kerr se mostrou acertada. Bogut sequer entrou em quadra no primeiro quarto e Blatt precisou se adaptar tirando Mozgov. Depois de passar a noite de terça-feira no hospital com sintomas de desidratação, Dellavedova chegou a ficar alguns minutos no banco com o qual não está acostumado desde a lesão de Kyrie Irving.

Os Warrios mantiveram o ritmo no segundo tempo mesmo com seus reservas. Leandrinho abriu o segundo quarto fazendo uma bonita bandeja. O time conseguiu controlar o adversário e Chegou a colocar 15 pontos. A marcação sobre LeBron foi intensa. O astro dos Cavaliers ficou 12 minutos sem pontuar e ainda sofreu um corte na cabeça depois de falta dura de Bogut. Mozgov e Thompson tentaram de todas as formas recuperar as bolas no ataque para dar novas oportunidades aos companheiros, no entanto, terminara o período em desvantagem. O time de Golden State abriu 54 a 42.

A dificuldade dos Cavaliers estava no ritmo bem abaixo dos dois últimos jogos de Dellavedova. Além disso, a marcação em cima LeBron melhorou e ele terminou os dois primeiros quartos com apenas 10 pontos. Nos três encontros anteriores, marcou uma média de 41 pontos. Mesmo sem Curry pontuar tanto, os Warriors conseguiram dominar o jogo com seus reservas como havia acontecido na abertura da série.

O intervalo para o terceiro quarto, no entanto, pareceu ter feito bem aos Cavaliers, principalmente a Dellavedova. O australiano voltou quente, acertou duas bolas de três seguidas, as suas primeiras no jogo, e chamou a torcida. Mozgov se achou no garrafão e a diferença caiu. Os arremessos de Harrison Barnes, que havia zerado na terça-feira, e Curry mantiveram os Warriors na frente, mas com uma vantagem menor, liderando por 76 a 70.

LeBron começou o último quarto no banco e viu os Warriors abrirem rapidamente 12 pontos de vantagem. Ele voltou, mas não conseguiu engrenar e parou nos 20 pontos. Curry acertou a mão e conseguiu controlar a vantagem, fazendo seus companheiros receberem a bola bem posicionados. Mesmo com Mozgov pontuando para os Cavaliers, a diferença chegou a estar em 16. Com esse ritmo e a torcida esfriando, os três minutos finais contou apenas com os reservas de Cleveland em quadra. O time de Golden State finalmente conseguiu encontrar um caminho para sair do caixote em que se encontrava na série, vencendo por 103 a 82.

Confira os confrontos da série:

Jogo 1: Golden State Warriors  108 x 100 Cleveland Cavaliers

Jogo 2: Golden State Warriors 93 x 95  Cleveland Cavaliers

Jogo 3: Cleveland Cavaliers  96 x 91 Golden State Warriors

Jogo 4: Cleveland Cavaliers 82 x 103 Golden State Warriors

Jogo 5: 14/06 – 21h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers

Jogo 6: 16/06 – 22h – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors

Jogo 7*: 19/06 – 22h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers

* Se necessário

Foto: Getty Images

 

 

Crédito: http://globoesporte.globo.com/basquete/noticia/2015/06/estrategia-de-kerr-leva-os-warriors-vitoria-sobre-os-cavaliers-e-iguala-serie.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat