• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Escovar os dentes com o dedo previne cáries, diz estudo

Digiqole ad

Um estudo feito pela Universidade de Gotemburgo, na Suécia, revelou que a escovação dos dentes pode ser quatro vezes mais eficiente contra as cáries se for feita com os dedos e com uma pasta com alta concentração de flúor.

A pesquisa foi feita com 16 voluntários que se dividiram em dois grupos, os que mantiveram o hábito tradicional utilizando a escova de dente e uma pasta com uma quantidade de flúor menor e os que utilizaram a pasta com mais flúor e a técnica de massagear os dentes com os dedos. O resultado mostrou que, depois de um tempo, o segundo grupo estava quatro vezes mais protegido contra as cáries do que o primeiro.

Apesar de observar que a técnica de massagear os dentes com os dedos foi mais efetiva, a responsável pela pesquisa, Anna Nordström, não incentiva a total substituição da escova pelos dedos. “Esfregar os dentes com a frente dos dedos e com a pasta é uma boa maneira após o almoço. Mas isso não deve substituir a escovação normal pela manhã e à noite; é um extra”, diz a pesquisadora.

Para Marinella Holzhausen Caldeira, professora de Periodontia da Faculdade de Odontologia da USP, a escovação com os dedos não é recomendada em nenhuma hora do dia. “Escovar os dentes com o dedo não permite a remoção adequada da placa bacteriana em toda a superfície dos dentes, principalmente nas partes mais difíceis de alcançar até com a própria escova”, diz a especialista.

Em uma emergência pode
A troca da escova de dente pelo dedo não deve ser feita, porém, na falta dela, o dedo pode se tornar uma alternativa emergencial. “O dedo nunca deve ser a primeira opção, mas pode se tornar uma via possível na falta da escova, pois ainda é melhor massagear os dentes com uma pasta adequada e com flúor do que simplesmente não escovar os dentes”, diz Rafael Bargan, endodontista.

Segundo o especialista, se realmente não for possível utilizar a escova de dente, além dessa massagem dental com a pasta e os dedos, outras ferramentas auxiliadoras da higiene bucal devem ser usadas para reforçar a limpeza. “Nesses casos, o fio dental, raspadores de língua e alguns enxaguantes, que já devem fazer parte do ritual diário, ganham ainda mais importância na limpeza da boca”, diz.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat