• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Em uma virada histórica, Finlândia tira invencibilidade do Brasil na Liga Mundial

Digiqole ad

No dia anterior, a Finlândia parecia inofensiva. Mas, após a derrota por 3 sets a 0, os donos da casa entraram em quadra neste sábado dispostos a garantir uma vitória histórica sobre o Brasil na Liga Mundial. Com uma virada impressionante, a equipe comandada por Mauro Berruto tirou a invencibilidade dos brasileiros na competição por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 23/25, 25/22, 25/22 e 17/15, em Tampare, na Finlândia. Em 12 confrontos entre os dois países, esta foi a primeira vez que o Brasil saiu derrotado.

Apesar da derrota, a seleção brasileira lidera o grupo D da Liga Mundial com 20 pontos, enquanto os finlandeses alcançam 11 pontos.

Os donos da casa começaram bem e abriram em 5 a 2. Com um ponto de bloqueio do Bruninho, o Brasil empatou em 5 a 5. Mas, logo em seguida, a Finlândia voltou a liderar o placar. Só depois de um erro de ataque da equipe adversária, a seleção conseguiu passar à frente no placar em 14 a 13. A partir daí, com destaque para Murilo nos ataques e Lucão no saque, o Brasil conseguiu manter a liderança até fechar em 25 a 23.

Assim como no set inicial, a Finlândia começou melhor no segundo período, abrindo em 7 a 4 o placar. Enquanto a equipe de Bernardinho insistia em cometer erros na recepção, os adversários surpreendiam neste fundamento e seguraram a liderança do placar até a parte final do set. Aos poucos, o Brasil foi tirando a diferença e, com um forte saque de Marlon, virou o placar em 20 a 19. Com um ataque de Lucão, a seleção brasileira garantiu a vitória também no segundo set por 25 a 23.

Com os centrais bem marcados pela Finlândia, o Brasil não conseguiu acertar os ataques no início do terceiro set, deixando os adversários abrirem em 11 a 6. Sacando melhor e criando jogadas mais eficientes com o levantador Mikko Esko, os donos da casa deixaram os brasileiros apáticos na partida. Com a queda na recepção e, consequentemente, nos ataques, ficou difícil segurar a Finlândia que fechou o set em 25 a 22.

O quarto set começou mais equilibrado. Com importantes pontos de bloqueio de Giba e Rivaldo, o Brasil tomou a liderança do placar em 8 a 6. Mas a seleção voltou a errar ataques importantes, e a Finlândia conseguiu virar a partida. Liderada pelos potentes ataques de Siltala, a equipe da casa seguiu dominando o placar até fechar novamente em 25 a 22.

No início do set decisivo, equilíbrio novamente com Rivaldo de um lado e Oivanen, de outro. A Finlândia foi a primeira a abrir vantagem em 13 a 10, mas, com o forte saque de Giba, o Brasil chegou a virar. Mas não era mesmo o dia da seleção de Bernardinho. Após uma recepção ruim, que permitiu um contra-ataque de primeira da equipe adversária, o Brasil perdeu o set por 17 a 15 e a partida por 3 a 2.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat