• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

DPCA de Vacaria e Coordenador do Território da Paz realizam operação em bares da cidade

 DPCA de Vacaria e Coordenador do Território da Paz realizam operação em bares da cidade
Digiqole ad

Na noite desta quinta-feira (28), Policiais Civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria e o Coordenador do Território de Paz realizaram Operação em Bares da cidade com a finalidade de combater vários tipos de crimes, entre os quais a Venda de Bebidas Alcoólicas para Menores, o Tráfico de Drogas e a Prostituição envolvendo Crianças e Adolescentes.

Foram realizadas diligências em 04 (quatro) Bares de Vacaria, sendo UM localizado no bairro Porcínio; OUTRO localizado no Bairro Fátima e DOIS localizados na Vila Gaúcha, onde foram realizadas revistas nos estabelecimentos e em inúmeras pessoas encontradas nos locais.

Em um bar localizado na vila Gaúcha, o proprietário foi flagrado praticando o crime de Violação de Direito Autoral, ao expor à venda centenas de DVDs, CDs e Jogos falsificados.

No bar localizado no Bairro Porcínio, foram apreendidos pacotes de cigarro estrangeiro introduzidos clandestinamente no Brasil, sem o pagamento dos impostos devidos.

Os responsáveis por estes bares foram encaminhados ao Plantão Policial para o registro da Ocorrência .

Além disso, como tem ocorrido rotineiramente durante as operações realizadas pela DPCA de Vacaria, foi constatada a falta ou irregularidade nos alvarás dos estabelecimentos.

Três dos Bares em que foram realizadas as diligências na noite de ontem simplesmente NÃO possuíam Alvarás, sendo que um deles estava funcionamento a mais de 03 (três) anos sem qualquer tipo autorização da Prefeitura.

Diante disso, o Titular da DPCA de Vacaria enviará ofício ao Prefeito Municipal solicitando que sejam realizadas as fiscalizações devidas, principalmente em bares e estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas, pois tem sido constatado com frequência que muitos funcionam sem Alvará, ou com Alvarás irregulares durante meses e até anos sem que ocorra qualquer tipo de fiscalização da Secretaria Municipal competente.

 

Crédito: Polícia Civil de Vacaria

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat