• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

DP Vacaria esclarece homicídio

Digiqole ad

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Vacaria, realizou intensas investigações a partir da internação de Sidinei Casturino, 29 anos, natural de Erechim.

Ele foi recolhido pelo SAMU, quando estava caído aochão, na rua em frente ao Albergue Municipal, no bairro Fátima, na madrugada do dia 20 de março deste ano e foi internado no Hospital Nossa Senhora da Oliveira em estado gravíssimo, com lesões na cabeça, falecendo menos de 48 horas depois.

O exame de necropsia apontou para traumatismo craniano provocado por instrumento contundente.

Segundo o registro feito pela companheira de Sidinei, ambos, quando dirigiam-se ao albergue, teriam sido atacados por dois desconhecidos, que teriam dado tapas na mulher e socos e pontapé no homem.

Entretanto, a Polícia Civil encontrou contradições no depoimento da mulher, e consultando os antecedentes policiais de ambos verificou que já tinham um histórico extenso por lesões corporais recíprocas.

A mulher tinha 15 antecedentes policiais, a maioria deles em Erechim, município de onde ambos vieram.

As investigações foram aprofundadas e a Polícia apurou que a versão da mulher era falsa e que as agressões em Sidinei foram provocadas por ela própria, que agrediu severamente o companheiro embriagado, acabando por jogá-lo com a cabeça contra um muro.

A Polícia obteve a decretação da Prisão Preventiva da autora do homicídio, uma mulher de 35 anos, natural de Campinas do Sul – RS , que ainda não foi localizada e se encontra na condição de foragida.

O indiciamento pelo delegado responsável pelo caso foi por homicídio qualificado, e a prisão preventiva foi decretada pelo Juiz da Primeira Vara Criminal.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda FM – 93,1 e DP de Vacaria

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat