• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Diretor do Grêmio é denunciado por declarações contra o STJD

 Diretor do Grêmio é denunciado por declarações contra o STJD
Digiqole ad

A Procuradoria da Justiça Desportiva denunciou o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, pelas declarações ofensivas ao STJD. Em entrevista ao site da ESPN Brasil, Hein criticou a atuação do STJD e do Procurador-Geral, Paulo Schmitt, pela absolvição do auditor Ricardo Graiche, que era acusado de publicar injúrias raciais em seu perfil no Facebook.

Em treino aberto, Felipão sinaliza Grêmio com Giuliano e Luan

O ato rendeu denúncia ao dirigente por “incitar publicamente o ódio, ofensa e conduta contrária à disciplina e ética”. O processo ainda não tem data para julgamento.

A entrevista do dirigente foi publicada no último dia 3 de março, no site da ESPN Brasil. Nomeado novo Diretor Jurídico do Grêmio, Nestor Hein será responsável por acompanhar os processos do clube no STJD.

Volante Maicon, do São Paulo, segue na mira do Grêmio

– Vou ter de comparecer com um prendedor nasal em virtude de seu mau cheiro. Não temos força contra o teatro que são aqueles julgamentos. É o órgão mais abjeto e nojento do mundo – afirmou Hein.

Convocado, Grohe desfalcará o Grêmio em dois ou três jogos

Logo após, o dirigente comentou a decisão do Pleno do STJD que absolveu Graiche, responsável por punir o Grêmio no episódio de racismo contra Aranha, e criticou o Procurador-Geral, Paulo Schmitt.

Wianey Carlet: Koff sai agora, quando sairá Felipão?

– O Grêmio foi julgado, apedrejado pelas pessoas e viu sua torcida ser estereotipada até mesmo em horário nobre. Agora, fazem isso em uma ação de compadres, ou “compadrio”, como falam aqui em Porto Alegre. É horrível trabalhar com essa gente, com esse Paulo Schmidt, corajoso apenas com os clubes de menor força política, mas, salvo exceções, temos que viver com essas figuras lamentáveis – disse o diretor do Grêmio, que ainda acrescentou:

– Devemos imaginar o seguinte: na tranquilidade de seu lar, o sujeito mexe com uma criança negra e um homem negro sem estar sendo assediado por ninguém. Teríamos de fazer toda uma reflexão. Mas esse é um tribunal hipócrita – finalizou Nestor Hein.

Nestor foi enquadrado nos artigos 243-F (ofender alguém em sua honra), 258 (assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva) e 243-D (incitar publicamente o ódio). Ele pode ser multado em até R$ 100 mil e ser suspenso de suas atividades por 720 dias.

 

Crédito: http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/gremio/noticia/2015/03/diretor-do-gremio-e-denunciado-por-declaracoes-contra-o-stjd-4712451.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat