• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Dilma: Mantega pediu para não fazer parte de segundo mandato

 Dilma: Mantega pediu para não fazer parte de segundo mandato
Digiqole ad

Nesta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que o atual ministro da Fazenda, Guido Mantega, pediu para não permanecer no cargo em uma possível reeleição da governante. “Ele comunicou que não tem como ficar no governo no segundo mandato por questões pessoais que eu peço para vocês respeitaram”, disse em entrevista ao portal do Estado de S. Paulo transmitida ao vivo.

Na semana passada, Dilma já havia antecipado sua intenção de fazer mudanças no gabinete caso vença as eleições de outubro. A presidente, no entanto, não revelou o nome de quem seria o próximo homem forte da economia em seu governo.

“Não vou dizer quem vai ser ministro no meu segundo mandato. Quero te dizer que eu acredito piamente que o Brasil vai entrar em uma nova fase. Temos todas as condições robustas para passar por uma nova fase”, afirmou.

A petista ainda aproveitou para defender a atual situação econômica do Brasil. “Não estamos mais naquele momento em que tínhamos que segurar o País com as duas mãos se não desempregávamos (…). Você vê queda na Alemanha, queda de produção na Europa. Eu gosto muito mais do nosso método. Garantimos que o salário se valorizasse, todas as políticas de concessões. Fazemos políticas industriais sim. Apostamos na inovação”, disse.

Mantega começou a atuar como ministro da Fazenda em 2006, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva exercia seu segundo mandato. Aos 65 anos, ele vem sendo criticado pela alta da inflação (6,5% anual) e por não conseguir evitar o crescimento negativo registrado nos dois últimos trimestres, o que se configura em uma recessão técnica.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat