• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças

 Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças
Digiqole ad

O Centro de Referências Especializado de Assistência Social de Vacaria realiza neste sábado, dia 18, o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e á Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes”.

O objetivo é mobilizar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência Sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil.

A campanha tem como símbolo uma flor amarela, como lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança.

No início da tarde dessa sexta-feira, dia 17, aconteceu uma caminhada pelas principais ruas do Centro da cidade que contou com a participação de alunos de escolas, representantes de órgãos de Segurança e entidades que trabalham na área da criança e adolescentes.

Por outro lado, a Polícia Civil de Vacaria participou na noite de ontem, quinta-feira, dia 16, de um ciclo de palestras para marcar a passagem do Dia Nacional de Luta Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado no dia 18 de maio.

O público-alvo do encontro foi familiares dos estudantes da Escola Inácio de Souza Pires, do bairro Santa Cruz, bairro este que também faz parte do Território de Paz.

O evento foi aberto pela psicóloga Marta Aparecida Kramer Silveira, do CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social e contou também com os representantes da Polícia Civil, comissário João Carlos Pinto de Abreu e o servidor Mauro do Amaral Andreatta.

As palestras tiveram como tema “Aspectos Psicológicos do Abuso e Exploração Sexual das Crianças e Adolescentes” e as “Implicações Criminais das Violações Sexuais Contra Crianças e Adolescentes”.

Os representantes da Polícia Civil, ressaltaram que o tema do evento tem nuances dos mais variados focos, pois não escolhe classe social e, portanto oferece risco em todos os locais, e deve-se ser prevenido em casa.

O psicóloga Marta falou das ações desenvolvidas em apoio a Polícia Judiciária para garantir a proteção dos direitos das crianças e adolescentes e do trabalho para a construção de uma sociedade mais justa para as gerações futuras.

O Dia Nacional de Luta Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes lembra a toda a sociedade brasileira sobre a menina Araceli Cabrera Sanches, seqüestrada em 18 de maio de 1973, aos oito anos de idade, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido.

Por isso, que o comissário de Polícia João Carlos Abreu, enfatizou que é importantíssimo a mobilização de toda a sociedade para combater esse problema, podendo ser feito denúncias pelo disque 100 e também pelo disque denúncia 181.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat