• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Desemprego no Brasil cai a 4,7%, menor patamar da história

Digiqole ad

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 4,7% em dezembro de 2011, no menor nível da série mensal, ante taxa de 5,2% em novembro do ano passado, segundo divulgou hoje a instituição, em sua Pesquisa Mensal de Emprego (PME). Em dezembro de 2010, a taxa de desemprego havia sido de 5,3%.

O resultado do mês passado ficou perto do piso do intervalo das estimativas dos analistas consultados pelo AE Projeções, que projetavam taxa de 4,60% a 5,60%, com mediana de 4,80%.

Ainda segundo o IBGE, a taxa média de desemprego anual em 2011 ficou em 6%, ante 6,7% em 2010, no nível mais baixo da série histórica. Para esse dado, levantamento do AE Projeções previa uma taxa entre 5,80% e 6,10%, com mediana de 6,0%.

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação positiva 1,1% em dezembro ante novembro do ano passado, e subiu 2,6% na comparação com dezembro de 2010. O gerente da PME, Cimar Azeredo, concede entrevista coletiva daqui a pouco para comentar os resultados.

Massa de renda

A massa de renda média real habitual dos ocupados somou R$ 37,8 bilhões em dezembro do ano passado, com alta de 0,7% ante novembro e aumento de 3,4% em relação a dezembro de 2010.

Já a massa de renda média real efetiva dos ocupados chegou a R$ 40,9 bilhões em novembro do ano passado, com alta de 9,3% ante outubro e aumento de 7,1% na comparação com novembro de 2010. O rendimento médio real efetivo sempre se refere ao mês anterior ao da Pesquisa Mensal de Emprego.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat