• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Delegacia de Proteção á Criança e ao Adolescente de Vacaria remete a Promotoria da Infância e Juventude procedimento instaurado contra adolescente que praticou homicídio no Bairro Imperial

 Delegacia de Proteção á Criança e ao Adolescente de Vacaria remete a Promotoria da Infância e Juventude procedimento instaurado contra adolescente que praticou homicídio no Bairro Imperial
Digiqole ad

Na manhã desta sexta-feira, dia 18, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria remeteu à Promotoria da Infância e Juventude o Procedimento referente à morte de AUGUSTO BOERA MACIEL, com 20 anos de idade.

 

 

O fato ocorreu na última segunda-feira, dia 14, em frente a uma escola infantil em Vacaria, quando AUGUSTO foi covardemente assassinado com uma facada no tórax.

 

Após investigações realizadas desde o dia do fato, a DPCA de Vacaria identificou como autor do fato um adolescente com 16 anos de idade.

 

Conforme informações do delegado de Polícia, Flademir Paulino de Andrade, responsável pelo caso, ouvido na DPCA, o adolescente alegou legítima defesa, mas várias testemunhas identificadas desmentiram esta versão, afirmando que o adolescente cometeu o homicídio à traição, de forma covarde.

 

A Policia Civil remeteu o Procedimento ao Promotor da Infância e Juventude e solicitou que seja providenciada a Internação Provisória do Adolescente Infrator.

 

Agora, a decisão dependerá do Promotor de Justiça e da Juíza de Direito do Juizado da Infância e Juventude de Vacaria.

 

Se condenado, o adolescente autor do Ato Infracional poderá ficar até três anos internado no Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Caxias do Sul.

 

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e Delegado Flademir Paulino de Andrade

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat