• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Deferido requerimento para formação de CPI na Câmara de Vereadores

Digiqole ad

Conforme requerimento do vereador Douglas Firmino Borges do PMDB, assinado também pelos vereadores Mario Luis Lourencetti Almeida dos Democratas, Leandro Borges de Lima do PMDB, Jane Pinto Andreola Oliboni do PP e Elisabete Ritter de Vargas Silva do PMDB, foi criada a Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar possíveis irregularidades no Comitê de Campanha da coligação Via Popular do atual prefeito Elói Poltronieri, conforme gravação de áudio, reproduzida na sessão do dia 14 de dezembro de 2009, onde apresenta indícios de caixa dois. A CPI fica denominada de CPI DO CAIXA DOIS.

Agora os líderes dos partidos tem 03 dias a contar da data de hoje, para indicar os representantes de suas respectivas bancadas, que irão compor esta CPI.

A Comissão Parlamentar de Inquérito será composta no minimo por três e no máximo por sete vereadores., observando o critério de proporcionalidade.

A presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito será escolhida pela representação partidária requerente da CPI, cabendo as demais a escolha da relatoria através do voto.

O prazo de funcionamento desta CPI do Caixa Dois, é de 60 dias contados da data da sua instalação, podendo haver prorrogação por mais 30 dias.
O presidente da Câmara Municipal Amadeu de Almeida Boeira, deferiu o pedido da CPI hoje.

Quanto ao requerimento do vereador Dagmar Dengo do PDT, que queria a aglutinação de CPI para apurar também as campanhas dos candidatos a prefeito Angelo Pegoraro e Marcos Palombini, não houve o deferimento por parte da presidência da Câmara de Vereadores. O IGAM, órgão que assessora a Câmara deu parecer dizendo que neste caso, é preciso a formação de outra CPI.

 

Crédito: Miro Santos/Rádio Esmeralda

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat