• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Daer avalia estragos na ponte que desabou entre Veranópolis e Fagundes Varela

 Daer avalia estragos na ponte que desabou entre Veranópolis e Fagundes Varela
Digiqole ad

Técnicos do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) investigam o motivo da queda da ponte sobre o Arroio Retiro, no Km 3 da ERS-355, que liga Veranópolis a Fagundes Varela, que caiu no fim da quarta-feira. A estrutura, que fica na localidade de Capela São Francisco do Retiro, cedeu quando uma carreta passava pelo local. Ninguém ficou ferido.

Dois profissionais do Daer chegaram a Veranópolis no começo desta quinta-feira. Mais de 12 horas após a queda da ponte, o caminhão permanece no local. Segundo informações do prefeito de Veranópolis, Carlos Alberto Spanhol, o veículo transportava cerca de 40 toneladas de madeira MDF, carga endereçada para uma empresa de Cotiporã.

A estimativa é que a remoção do caminhão seja feita até a tarde desta quinta. O prefeito ressalta que a obrigação da reconstrução da ponte é do Daer.

Para acessar Veranópolis, o motorista deve trafegar pela estrada que segue em direção a Cotiporã. Na localidade de São Paulo da Cruz, deve entrar à direita em São Valentim e de lá seguir até a Capela Pedancino, onde se acessa a ERS-359 e depois prossegue até voltar à rodovia 355, em direção a Veranópolis.

De acordo com o prefeito de Fagundes Varela, Jean Fernando Sottili, uma outra estrutura está em construção ao lado da ponte que caiu. A parte central está praticamente pronta, mas faltam as cabeceiras, que ainda não foram licitadas pelo Daer.

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat