• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Continua a rápida transmissão do ebola na África, com 84 mortes em três dias

 Continua a rápida transmissão do ebola na África, com 84 mortes em três dias
Digiqole ad

O Surto de ebola na África Ocidental causou entre quinta-feira e sábado a morte de 84 pessoas nos quatro países afetados pela doença, onde foram registrados 113 novos casos nesses três dias.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), que recolhe os dados dos países que sofrem com o surto, indicou que desde a reaparição do ebola, a doença já matou 1.229 pessoas e infectou 2.240.

O surto foi detectado no primeiro trimestre do ano na Guiné, onde até pouco tempo a situação era mais preocupante, mas ultimamente a doença está expandindo com maior velocidade na Libéria, onde há dois dias um ataque contra um centro de quarentena em Monróvia permitiu que vários doentes fugissem.

O paradeiro de vários deles é desconhecido, o que faz com que as autoridades temam pela propagação da doença, que é transmitida pelo contato direto com fluidos corporais, mas não pelo ar, como ocorre com a gripe ou a tuberculose.

A Libéria acumula, segundo as estatísticas atualizadas hoje, 466 mortos e 834 casos, enquanto na Guiné – onde a taxa de mortalidade é mais elevada – há 394 mortos para 543 casos.

No entanto, a progressão do contágio na Libéria, com 53 mortes e 48 casos novos em apenas três dias, é considerada a mais alarmante.

Na Guiné, 14 pessoas morreram pelo ebola entre quinta-feira e sábado e 24 casos foram registrados.

Em Serra Leoa, houve 365 mortes e 848 pessoas infectadas – 38 casos e 17 mortos no último período de três dias, enquanto na Nigéria, onde se considera que a transmissão do vírus está contida, são 15 doentes e

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat