• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Conheça 6 gadgets caros para se divertir

Digiqole ad

O mundo da tecnologia é feito de extremos. Se existem produtos feitos para alto consumo da população, há um outro lado que produz para poucos, muito poucos. É o caso dos seis gadgets que selecionamos nesta lista – alguns deles até estão à venda no Brasil.

A TV LCD Bravia KLV-40ZX1M, da Sony, tem apenas 1 centímetro de espessura. Foi lançada no mercado brasileiro em março por um preço sugerido de R$ 25.699. Tem resolução Full HD (1920 x 1080), taxa de atualização da tela a 120 Hz (que garante imagens em movimento mais nítidas) e é um dos primeiros televisores do mercado com tecnologia LED para iluminar a parte de trás da tela.

O mundo dos celulares tem seu clube exclusivo também. O Motorola Aura, por exemplo, custa R$ 2 mil nos Estados Unidos, e tem como principal diferencial sua tela circular com 16 milhões de cores coberta por um vidro de safira de 62 quilates. Seus mecanismos foram produzidos em tungstênio e o teclado é feito em alumínio – tudo isso em uma estrutura diferente: o celular “gira” para abrir. É vendido no Brasil por preço não divulgado para um plano da operadora Tim.

Já os modelos da Vertu nem chegam ao Brasil. A marca de luxo da Nokia, vendida em quase todo o mundo, nem divulga preços, para dizer a verdade. Seu último lançamento, feito em julho em Londres, foi o Carbon Fibre Ascent Ti, um modelo feito à mão produzido em fibra de carbono, com detalhes em couro. A mesma linha de aparelhos tem outros modelos com detalhes em alumínio e cobre.

Áudio é outra área high-tech que, para ter o melhor, paga-se muito. É o caso do McIntosh MX406, um aparelho de som para o carro que custa, na Amazon.com, um preço médio de US$ 1.079. Tem um tocador de CDs, rádio AM/FM e, esperamos, uma qualidade excelente de som.

Fones de ouvido, apesar de parecerem ter um funcionamento simples e básico, podem chegar a até US$ 500 nos Estados Unidos. Selecionamos um novo fone da Bose, o QuietComfort 15 Acoustic Noise Cancelling Headphones, que tem um preço, digamos, intermediário: US$ 299,95. É daqueles modelos que reduzem o ruído ambiente e isolam o som, garantindo uma máxima experiência auditiva.

Finalmente, o iPod não é o tocador de música mais caro do mundo, mas seus sistemas de alto-falantes podem ser. O GenevaSound Home Theater, feito na Inglaterra, tem duas versões (branco ou preto) e vem com sete alto-falantes de 100 watts, um subwoofer de 12 polegadas, CD player, rádio FM e um dock para iPod ou iPhone. Por US$ 3.999, dá até para colocar a TV (ultrafina, de preferência) em cima dele.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat