• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Coadjuvantes dos Warriors superam LeBron e fazem 1 a 0 nas finais da NBA

 Coadjuvantes dos Warriors superam LeBron e fazem 1 a 0 nas finais da NBA
Digiqole ad

Em um jogo no nível da NBA, a liga americana de basquete, não basta ter um astro capaz de desequilibrar. É preciso, também, ter o suporte dos coadjuvantes. Foi assim, apoiado por Andre Iguodala (15 pontos), Draymond Green (12) e Harrison Barnes (11), principalmente, que o Golden State Warriors superou uma atuação monstruosa de LeBron James, que fez 44 pontos, para vencer por 108 a 100 no primeiro jogo da série melhor de sete da final da competição. A noite desta quinta-feira, em Oakland, teve direito a prorrogação ecelebridades na plateia. Os dois times voltam a se enfrentar neste domingo, às 21h (de Brasília), no mesmo local.

O banco de reservas dos Warriors marcou 34 pontos, contra nove do Cavaliers. Destaque na prorrogação, Stephen Curry colaborou com 26, e Klay Thompson, com 21. LeBron alcançou outro jogo de playoff com mais de 30 pontos, chegando a 76, superando Kareem Abdul Jabbar e ficando atrás apenas de Michael Jordan e Kobe Bryant. Kyrie Irving fez 23 e Tristan Thompson pegou 15 rebotes, sendo seis ofensivos.

Confira datas e horários das finais da NBA entre Cleveland e Golden State

Apesar da intensidade dos torcedores no ginásio, conhecido como um dos mais barulhentos da NBA, quem entrou primeiro no jogo foi LeBron James. Com um jogo consciente, dominou seus marcadores, tanto Barnes quanto Iguodala, pontuando próximo à cesta. Curry e Thompson ainda estavam frios quando o Cleveland já havia aberto 14 pontos de vantagem, deixando um ar de apreensão entre os torcedores.

No entanto, com LeBron no banco de reservas no começo do segundo quarto e os reservas em quadra, a situação mudou. O Golden State conseguiu reagir. Leandrinho teve seus minutos e colaborou com dois pontos no período e algumas boas jogadas. Na volta dos titulares, Curry esquentou a mão, e o time se recuperou, chegando a assumir a vantagem no placar. No entanto, com uma cesta de três de J.R. Smith no último segundo, a vantagem ficou com os Cavs, vencendo por 51 a 48 no fim do período.

O equilíbrio passou a ser a tônica do jogo no terceiro quarto. Os Warriors sofreram e não conseguiram segurar LeBron, que ainda contava com atuações importantes de Kyrie Irving e Tristan Thompson. Curry não se encontrou no período, mas ainda assim o time se manteve próximo no marcador com Klay Thompson finalmente achando o ritmo de seus arremessos. No fim do período, uma enterrada de Iguodala, mostrando a importância do banco de reservas, deixou o jogo empatado em 73 a 73.

Os Warriors começaram bem o último quarto. No entanto, três erros seguidos de Leandrinho atrapalharam a sequência. O brasileiro voltou para o banco. Com a dificuldade dos Cavs em pontuar, LeBron foi para o jogo depois de apenas três minutos de descanso no período. Faltando 24 segundos, Irving deu um toco sensacional em Curry com o placar em 98 a 98. LeBron tentou o arremesso da vitória, errou e no rebote Iman Shumpert quase marcou, em uma desatenção da defesa do Golden State.

A decisão do primeiro jogo, então, foi para a prorrogação. Chegou a vez de Curry dar a resposta para seus companheiros. Marcou os primeiros quatro pontos. Iniciou a jogada que resultou na cesta de três de Barnes. Os Warriors abriram 7 a 0 faltando dois minutos para o fim. Irving foi para o vestiário com dores no joelho esquerdo. Apático e errando muito, o Cleveland não conseguia pontuar, e o jogo ficou nas mãos de Golden State, fechando em 108 a 100 para a festa do ginásio todo em amarelo.

(Foto: Getty Images

 

Crédito: http://globoesporte.globo.com/basquete/noticia/2015/06/coadjuvantes-dos-warriors-superam-lebron-james-e-fazem-1-0-na-serie.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat