• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Chile empata com Venezuela e vê Brasil escapar na ponta

Digiqole ad

Única equipe que poderia ameaçar a liderança do Brasil antes do início da 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010, o Chile não conseguiu cumprir o seu dever de casa e só ficou no empate por 2 a 2 com a Venezuela na noite deste sábado, no Estádio Monumental, em Santiago. Mesmo com a segunda posição mantida no continente, agora vê o time verde e amarelo (já garantido no Mundial), três pontos na frente.

Apesar da chuva, a torcida chilena compareceu em bom número, mas voltou para casa decepcionada com o resultado, que leva a equipe aos 27 pontos e, apenas, no saldo de gols ( 9 a 8), superam os paraguaios na disputa acirrada da vice-liderança das Eliminatórias, enquanto o Brasil soma 30. Por outro lado, a Venezuela (com 18) praticamente deu adeus ao sonho de disputar a sua primeira Copa do Mundo.

A partida começou com o Chile no ataque e a Venezuela muito recuada. Assim, aos 10min, os donos da casa tiveram a primeira oportunidade para abrir o placar e não desperdiçaram. Fernandez cobrou escanteio e Vidal apareceu sozinho para cabecear forte no canto direito do goleiro Vega.

A vantagem no placar acomodou o Chile, que passou a dar espaços para a Venezeuela. O castigo veio aos 34min, quando Arango deixou Maldonado livre na área. O jogador esperou a saída de Bravo para chutar por entre as pernas do goleiro chileno. O empate calou os torcedores presentes no Monumental, que foram ao desespero quando o zagueiro Rey, aos 45min, cobrou falta com perfeição.

No segundo tempo, o Chile sufocou a Venezuela. E logo com 7min, Millar, que saiu do banco de reservas, empatou a partida após confusão na área. Aos 16min, o ex-palmeirense Valdivia entrou na partida. Mas não foi o suficiente para superar a retranca da Venezuela.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat