• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Carlos Alberto Parreira é confirmado como técnico da África do Sul

Digiqole ad

O presidente da Federação Sul-Africana de Futebol (Safa), Kirsten Nematandani, anunciou nesta sexta-feira que Carlos Alberto Parreira é o novo técnico da África do Sul. O dirigente disse que a principal razão para a escolha foi o fato do tetracampeão já conhecer o futebol local, já que dirigiu os Bafana Bafana entre janeiro de 2007 e abril de 2008.

Segundo Nematandani, com menos de oito meses para o início da Copa do Mundo não há tempo para iniciar um novo trabalho depois da saída de Joel Santana, que foi indicado por Parreira em 2008 quando o tetracampeão teve que deixar o comando por causa de um problema de saúde de sua esposa.

– Depois de longo debate, gostaria de anunciar que Parreira é o novo treinador da África do Sul. Foi ele que começou este processo e como não temos muito tempo é natural escolhermos alguém que já conheça o trabalho – explicou.

Parreira, que ainda está no Brasil, chegará à África do Sul com a opinião pública dividida em relação ao seu trabalho. Muitos apostam que a experiência dele, que irá à sua oitava Copa do Mundo (como preparador físico e técnico), pode melhorar o desempenho da África do Sul. Já os opositores reclamam, principalmente, da escolha de um técnico estrangeiro.

– Acho que ninguém aqui fica totalmente feliz com a contratação de um técnico estrangeiro, mas concordamos que esta é a melhor opção no momento – disse Nematandani.

Em sua primeira passagem pela seleção sul-africana, entre janeiro de 2007 e abril de 2008, foram 21 partidas, com nove vitórias, seis empates e seis derrotas. Parreira pediu demissão na época por questões particulares, e foi justamente quem indicou Joel para assumir a seleção.

Esta será a sexta Copa do Mundo de Parreira como treinador. Em 1982, o ex-preparador físico comandou o Kuwait. Depois, disputou o Mundial com os Emirados Árabes em 1990. Após o tetra com o Brasil em 1994, ele dirigiu a Arábia Saudita em 1998. Há três anos, treinou novamente a seleção brasileira na França.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat