• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Cai o número de jovens que tiram título de eleitor

 Cai o número de jovens que tiram título de eleitor
Digiqole ad

A taxa de jovens de 16 e 17 anos que tiraram título de eleitor para votar nas eleições deste ano diminuiu em um terço, se comparado à média dos últimos três pleitos presidenciais, de acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo. Para as eleições de outubro de 2014, apenas um em cada quatro jovens elegíveis para votar se alistou, a proporção mais baixa desde 2002.

De acordo com a legislação, adolescentes de 16 e 17 anos podem votar se quiserem, pois a obrigatoriedade começa a partir dos 18 anos.

Em 2008 e 2012 – anos de eleições para prefeito -, a taxa de jovens que tirou título de eleitor para votar foi de cerca de 43% em relação ao total de pessoas da faixa etária. Já nas disputas de 2002, 2006 e 2010 – anos de eleições para presidente e governador -, a proporção ficou entre 36% e 37% em cada uma. Já neste ano o índice caiu para 26%. Cerca de 760 mil jovens deixaram de pegar seus títulos, em comparação com a quantidade que se alistaria caso a média tivesse sido mantida.

Segundo o jornal, desde o ano passado a rejeição aos partidos políticos tem aumentado. Em março de 2013, uma pesquisa do Datafolha apontava que 53% dos brasileiros tinham preferência por algum partido político. Sondagens mais recentes do Ibope e do Datafolha de 2014 indicam que, agora, 60% dos eleitores não se identificam com nenhuma legenda.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat