• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Cai-cai sem fim: número de técnicos demitidos nos estaduais já passa de 50

 Cai-cai sem fim: número de técnicos demitidos nos estaduais já passa de 50
Digiqole ad

Dirigente brasileiro não perde a mania: com pressa por resultados e uma ansiedade sem tamanho, saem demitindo treinadores sem qualquer remorso. Não passamos nem do segundo mês do ano e dezenas de técnicos já perderam o emprego pela campanha nos Estaduais, na sua maioria ainda na reta inicial. Outros tantos campeonatos ainda nem começaram, o que faz o número não explodir a níveis estratosféricos. 
 

É uma queda atrás da outra. As demissões, somando os estaduais, já passam de 50 (52 até o momento, mas o número pode crescer num piscar de olhos), como você pode conferir na – grande – lista abaixo.

 

Pernambuco – nove demissões

Reginaldo Sousa – Ypiranga-PE
Roberto de Jesus – Pesqueira-PE
Mazo – Vera Cruz-PE
Elenílson Santos – Porto-PE
Humberto Santos – Serra Talhada-PE
Maurilio Silva – América-PE
Luiz Carlos – Vera Cruz-PE
Charles Muniz – Atlético-PE
Serjão- Porto-PE
 

Mato Grosso do Sul – cinco
Paulo Cesar Schardong – Sete de Dourados-MS
Solito Alves – Ubiratan-MS
Pedro Caçapa – Misto-MS
Ney Magalhães – Cene-MS
Wilson Carrasco – Comercial-MS
 

Distrito Federal – quatro
Jonhes Santos – Brasiliense
Alex Oliveira – Paracatu
Humberto Matos – Sobradinho
Sérgio Passarinho – Santa Maria
 

São Paulo – quatro
Roque Júnior – XV de Piracicaba
Marco Aurélio – Bragantino
Narciso – Penapolense
Luis dos Reis – Marília-SP
 

Goiás – quatro
Lucas Oliveira – Grêmio Anápolis-GO
Marcelo Chamsuca – Atlético-GO
Mauro Ovelha – Crac-GO
Wladimir Araujo – Vila Nova-GO

Rio Grande do Norte – quatro
Wassil Mendes – Potiguar de Mossoró-RN
Roderlei Pachani – Palmeira-RN
Rogério Oliveira – Corinthians-RN
Rodrigo Alexandre – Palmeira-RN

 

Mato Grosso – três
Bel Freitas – Cacerense-MT
José Macena – União Rondonópolis-MT
Leandro Niehues – Luverdense-MT

 

Rio Grande do Sul – três
Rodrigo Bandeira – União Frederiquense-RS
Toquinho – São Paulo-RS
Tonho Gil – Avenida-RS

 

Bahia – dois
Edson Ferreira – Feirense
Tinho Damasceno – Feirense

Ceará – dois
Paulo Rossi – São Benedito-CE
Dado Cavalcanti – Ceará

 

Pará – dois
Sidney Moraes – Paysandu
Carlos Alberto Dias – Castanhal

 

Paraná – dois
Rafael Andrade – Nacional-PR
Joel Preisner – Prudentópolis-PR

 

Rio de Janeiro – dois
Roy – Boavista-RJ
Caio Couto – Bonsucesso-RJ

Santa Catarina – dois
Silvio Criciúma – Ibirama
Guilherme Macuglia – Marcílio Dias

 

Alagoas – um
Marcelo Rocha – Santa Rita

 

Maranhão – um
Eugenio Souza – Moto Club

 

Minas Gerais – um
Alexandre Barroso – Mamoré-MG

 

Paraíba – um
Pedrinho Albuquerque – Sousa-PB

 

Estados ainda sem demissões:
 

PI*, RR*, TO*, ES, AC*, AM, SE, RO* e AP*.
 

*Estaduais que ainda não começaram.
 

Colaboraram: Lucas Rizzatti, Vitor Vieira de Oliveira, Monique Silva, Fernando Vasconcelos, Robson Boamorte, Rafael Araújo, Hélder Rafael, Fabrício Marques, Fernando Freire, Expedito Madruga, Jorge Sauma, Bruno Alves, Victor Melo, Klênyo Galvao, André Ráguine, Vital dos Santos, Fabricio Soveral, Duaine Rodrigues, Tamires Fukutani, Bruno Barros, Richard Pinheiro e Thiago Barbosa

 

Crédito: http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/pombo-sem-asa/post/cai-cai-sem-fim-numero-de-tecnicos-demitidos-nos-estaduais-ja-passa-de-50.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat