• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Brasil bate Sérvia com tranquilidade e vence a segunda no Grand Prix

 Brasil bate Sérvia com tranquilidade  e vence a segunda no Grand Prix
Digiqole ad

A seleção brasileira feminina de vôlei não teve problemas para vencer sua segunda partida no Grand Prix. Após estrear passando pelo Japão por 3 a 1, o Brasil derrotou a jovem equipe da Sérvia por 3 a 0 (25/20, 25/15 e 25/19) na manhã deste sábado em Bangcoc, na Tailândia, e mantém a liderança isolada do Grupo 1 com seis pontos. 

As centrais Juciely e Carol foram as maiores pontuadoras da partida, com 11 pontos cada. A oposta Joycinha também pontuou bem, com 10. 

– Foi um resultado positivo para nós. Sabemos que ainda precisamos evoluir em alguns fundamentos, mas estamos no caminho certo. O jogo de hoje foi diferente da partida contra o Japão. A Sérvia tem um estilo de jogo com bolas altas e sentimos um pouco isso no começo da partida, mas conseguimos nos adaptar e alcançamos a vitória. Gostei da concentração do grupo – avaliou Juciely.

Na Sérvia, a atacante Busa foi quem mais se destacou, com 10 pontos.

O próximo compromisso do time nacional será às 6h30 de domingo (também com transmissão do SporTV) contra as anfitriãs, que superaram as sérvias por 3 a 2 na rodada inaugural e ainda neste sábado encaram as japonesas.

Comandante da equipe, José Roberto Guimarães mostrou-se satisfeito com o rendimento brasileiro nas duas primeiras rodadas:

– O nosso começo no Grand Prix foi positivo, com duas vitórias e seis pontos, mas já estou com a cabeça no jogo de amanhã. A Tailândia vai jogar em casa, com o apoio da torcida e já iniciou o Grand Prix com um resultado positivo sobre a Sérvia. Elas têm bastante volume de jogo, defendem bem e estão motivadas.

Domínio completo

A primeira parcial foi marcada por erros de parte a parte. Tendo a canhota Marta Drpa como destaque, a Sérvia foi para a primeira parada técnica em vantagem, mas as meninas comandadas por José Roberto Guimarães foram buscar a reação. Natália, que começara em lugar de Fernanda Garay, empatou em 10/10, e o Brasil virou após um ataque errado do time europeu, conseguindo depois a vantagem de 16/14. Com uma bola de tempo, Juciely fechou o set em 25/20.

Mais encorpada e forte no bloqueio (14 pontos ao todo no fundamento), a equipe brasileira deslanchou na parcial seguinte. Melhor pontuadora na vitória sobre as japonesas, Gabi seguia eficiente e sendo uma arma letal. Facilmente, o Brasil fez 16/9, indo para a vantagem técnica com larga vantagem. O conjunto sérvio, no entanto, reagiu, conseguindo quatro pontos consecutivos, porém logo o panorama voltou ao normal, com as meninas brasucas retomando o controle e, novamente com Natalia decidindo, fazendo 25/15 e abrindo 2 a 0 no placar.

Mesmo inexperiente, o selecionado da Sérvia mostrava valentia e retornou disposto a vender caro o terceiro set. O Brasil, entretanto, logo retomou o gás e a vantagem, virando para 8/7. A partir daí foi só manter, selando a parcial em 25/ 19 e o jogo em um tranquilo 3 a 0.

A seleção brasileira iniciou a partida com com Dani Lins, Natália, Gabi, Joycinha, Juciely e Bárbara. Líbero: Camila Brait. Entraram: Macris, Monique, Mari Paraíba e a líbero Léia. Técnico: José Roberto Guimarães

(Foto: FIVB

 

Crédito: http://globoesporte.globo.com/volei/noticia/2015/07/brasil-bate-servia-com-tranquilidade-e-vence-segunda-no-grand-prix.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat