• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Boletim da Polícia

Digiqole ad

Juiz da Primeira Vara Criminal de Vacaria, atendendo a solicitação do Delegado de Polícia e acompanhando o parecer do Ministério Público, acaba de decretar a prorrogação por mais trinta dias da Prisão Temporária de dois homens investigados pela morte de Miguel Angelo Siega, encontrado morto com dois tiros de calibre .38 no dia 24 de março.

O corpo de Miguel foi encontrado dentro de seu automóel VW Gol, na Estrada do Santa Rita, em Muitos Capões.

Miguel veio de Caxias do Sul há 3 anos(onde era gerente de uma grande transportadora) para explorar em Muitos Capões as áreas de terra da família.

No dia da morte ele deixou por volta do meio-dia a lavoura de cenouras e beterrabas que tinha, sendo encontrado o veículo, depois, na estrada que liga a propriedade rural à BR 285.

Intrigava a Polícia o fato de que o carro estava no sentido inverso, ou seja, retornando em sentido a Lavoura, e a Polícia logo descartou ocorrência de latrocÍnio (matar para roubar).

Também intrigava a Polícia que a vítima não tinha inimigos, não tinha envolvimento com crimes, não possuía vícios e era tida por todos como pessoa correta.

Segundo a perícia, foram dois tiros fatais disparados contra a vítima, um na nuca e outro no pescoço.

A renovação da Prisão Temporária foi solicitada pelo Delegado de Polícia devido a complexidade do Inquérito Policial, que já tem três volumes. Com a renovação da Prisão, a Polícia Civil estima concluir o Inquérito no próximos trinta dias.

Três indivíduos, um de Ipê e outros dois de Lagoa Vermelha estão presos no Presídio local.

Informações: Carlos Alberto Defaveri, Delegado de Polícia DP Vacaria

 

Crédito: Delegacia de Polícia

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat