• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Boateng detona técnico, hotéis e voos durante a preparação e Copa no Brasil

 Boateng detona técnico, hotéis e voos durante a preparação e Copa no Brasil
Digiqole ad

A participação da seleção de Gana na Copa do Mundo 2014 foi repleta de polêmicas. Treino boicotado, além de brigas entre jogadores e membros da delegação culminaram até mesmo na suspensão dos astros Muntari e Kevin-Prince Boateng antes do jogo contra Portugal. Em entrevista ao jornal alemão Bild, Boateng detonou a organização da seleção ganesa, criticou o técnico Kwesi Appiah e até mesmo hotéis e voos que a equipe utilizou na preparação e no decorrer da Copa do Mundo no Brasil.

– Eu nunca pensei que pudessem organizar uma preparação para uma Copa do Mundo tão mal. Os hotéis, os voos, tudo era amador. Nosso primeiro voo foi de Amsterdã para Miami, mas tivemos que ir em dois grupos: um passou por Atlanta, outro por Nova Iorque. Ficamos quase nove horas no aeroporto, umas 19 no caminho. Para ir de Miami ao Brasil, doze horas na classe econômica. As pernas doíam. Para um atleta competitivo isso é uma desgraça. E o nosso presidente (Kwesi Nyantakyi, da Federação de Futebol de Gana) estava com sua esposa e filhos na classe executiva. No Brasil, enfim, fizemos um bom voo, mas perderam minha bagagem. Foram dias sem chuteiras, fita, nada. Um desastre – explica o jogador do Shalke 04.

O principal alvo brasileiro das reclamações de Boateng foi o hotel onde os jogadores e comissão técnica ficaram hospedados em Natal, local da estreia contra os Estados Unidos. Na ocasião, os americanos venceram por 2 a 1, com um gol do zagueiro Brooks no final da segunda etapa.

– O único lugar digno de uma preparação era o de Miami. Antes do jogo contra os Estados Unidos, dormimos em um hotel em que não havia condições. Havia inundações, os quartos estavam úmidos. Eu mesmo tive que mudar de quarto, porque o que me foi dado virou uma piscina, de tanta água que pingava do teto – revela.

Sobre a briga com o técnico Kwesi Appiah, Kevin-Prince Boateng criticou o trabalho do comandante e minimizou a polêmica sobre a premiação em dinheiro referente à Copa do Mundo.
– Eu perguntei a ele (Appiah) se tinha um problema comigo. Ele gritou, me insultou e me mandou cair fora. E isso tudo aconteceu quatro dias antes da minha suspensão. Por que não me tiraram logo, então, se foi esse o problema? Já sobre a premiação, esse foi o menor problema. Aquilo foi pelo acúmulo, com as condições de treino, de sono, tudo. Só queria saber para onde flui o dinheiro, com tantos patrocinadores… – questiona o jogador.

Gana terminou a Copa na última colocação do Grupo G, com apenas 1 ponto. Além dos ganeses, Portugal também não conseguiu a classificação. Alemanha e Estados Unidos avançaram na primeira e segunda colocação, respectivamente, para as oitavas de final da competição.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat