• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Artes cênicas de luto, morreu o ator Sérgio Britto

Digiqole ad

Sob muitos aplausos, foi sepultado no fim da manhã de ontem, domingo, dia 18, no Cemitério São Francisco Xavier, no Rio de Janeiro, o corpo do ator e diretor Sérgio Britto que faleceu aos 88 anos, de insuficiência respiratória.

Ele estava internado no Hospital Copa D?Or, no Rio de Janeiro desde o dia 14 de novembro, com problemas cardíacos. Em abril, ele havia sofrido uma queda que provocou hemorragia intracraniana, e de agosto até o mês de outubro, esteve na UTI devido a uma bronquite.

No ano passado, Britto lançou a autobiografia ?O Teatro e Eu?, um resumo dos seus 65 anos de carreira.

Atualmente Sérgio Britto apresentava na TV Brasil, o programa semanal ?Arte com Sérgio Britto?.

Considerado um dos maiores atores do país, Britto dirigiu ?Ilusões Perdidas?, primeira telenovela produzida e exibida pela Rede Globo. Mas foi o teatro que o consagrou. Fez parte de um quinteto de criadores ao lado de Fernanda Montenegro, Ítalo Rossi, Fernando Torres e Gianni Ratto, fundamental nas artes cênicas nacionais (só em teleteatro foram mais de 400 peças).

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo Rádio Esmeralda e Foto Site Google

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat