• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

América Latina Logística realiza campanha nacional de segurança em passagens de nível

Digiqole ad

Para minimizar o risco de abalroamentos e atropelamentos nos cruzamentos com a ferrovia, a América Latina Logística (ALL) promove nesta sexta-feira, dia 13 de julho, às 14 horas, na Rua Campos Sales, em Vacaria, uma ação simultânea para orientar e conscientizar motoristas e pedestres sobre os cuidados necessários ao atravessar a linha férrea.

Realizada por colaboradores voluntários da ALL com o apoio de agentes de trânsito municipais, a campanha reforça as ações de segurança promovidas pela empresa ao longo do ano e deve beneficiar mais de 10 mil pessoas.

“Promovemos a campanha durante o inverno por ser o período de maior risco de acidentes, devido á incidência de neblina e carros com vidros fechados e embaçados, com poucas condições de visibilidade”, disse Patrícia Cobra, do Instituto ALL, que lidera a campanha.

Ela salientou ainda que nessa ação, os motoristas e pedestres são orientados sobre os cuidados que os mesmos devem ter ao transpor a ferrovia, lembrando que estão cruzando uma linha preferencial e que o trem pode levar até 1 quilômetro para parar totalmente após o acionamento dos freios. “Por isso, Parar, Olhar e Escutar é fundamental”, reforça Patrícia

Cidades beneficiadas

No Estado de São Paulo, serão contempladas as cidades de Americana, Ourinhos, Bauru, Guarujá, Araraquara e São José do Rio Preto.

No Paraná, a campanha envolve Curitiba, Pinhais, Maringá, Ponta Grossa e Paranaguá.

No Rio Grande do Sul a campanha abrange Canoas, Santa Maria, Vacaria e Cruz Alta.

No Estado do Mato Grosso a ação está prevista para acontecer em Alto Taquari e no Mato Grosso do Sul na cidade de Campo Grande.

Lei de Trânsito – De acordo com o Código Nacional de Trânsito, a linha férrea é sempre preferencial, e transpô-la sem parar é infração gravíssima, sujeita à perda de sete pontos na carteira. A multa para esta infração é de 175,84 UFIRs (R$ 186,39). Isso porque o trem, ao contrário dos demais veículos, precisa de mais de 500 metros para parar totalmente, mesmo após o maquinista acionar os freios.

Abrangência – as campanhas de conscientização em passagens de nível promovidas pela ALL já atingiram mais de um milhão de pessoas. Em 2011 foram realizadas 180 campanhas de PN, 102 campanhas contra o Surf Ferroviário e mais de 460 palestras de segurança nas escolas no entorno da linha férrea, contemplando mais de duzentas e quinze mil pessoas.

Dicas de segurança:
– Ao se aproximar da ferrovia, pare, olhe e escute e só depois siga em frente;
– Ao ouvir o apito do trem, fique atento, pois este é o sinal de que ele está se aproximando;
– A linha férrea é sempre preferencial. Não parar antes de cruzá-la é infração sujeita a perda de 7 pontos na carteira de habilitação e multa de 180 UFIRs;
– Nunca estacione perto da linha férrea e nem aguarde a passagem do trem muito próximo ao trilho;
– Jamais dirija sob efeito de álcool ou drogas;
– Redobre a atenção em caso de neblina ou vidros embaçados;
– Não permita que seus filhos brinquem ou caminhem sobre os trilhos;
– A prática do surf ferroviário é proibida e pode levar à morte.
Denuncie se identificar pessoas clandestinas nos vagões.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e Assessoria de Imprensa ALL

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat