• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Ícone do tradicionalismo gaúcho, Onésimo Carneiro Duarte morre aos 81 anos

Digiqole ad

Um dos ícones do tradicionalismo gaúcho, Onésimo Carneiro Duarte, morreu neste domingo, aos 81 anos, em decorrência de complicações cardiovasculares. O bancário aposentado do Banco do Brasil foi presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho por seis vezes.

Duarte era natural de Vacaria, onde foi o patrão do Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Porteira do Rio Grande. Foi ele o responsável a promover o Rodeio de Vacaria a nível internacional, trazendo turistas de outros países e Estados.

— Onésimo Carneiro Duarte foi um gaúcho serrano autêntico. Foi um dos maiores líderes do nosso movimento, do qual foi presidente mais de uma vez. Teve papel de destaque sempre no Rodeio de Vacaria. O Rio Grande do Sul fica mais pobre com a partida desse querido amigo — disse o também tradicionalista Nico Fagundes e grande amigo de Duarte.

O tradicionalista levou a cultura do Estado por todo o país, fazendo palestras sobre tradicionalismo. Além de ter estudado e difundido o tropeirismo, militou sobre a importância das bibliotecas nos CTGs e da figura do gaúcho.

Em 1975, mudou-se para a Capital a trabalho. Deixa a mulher, Vani, seis filhos, 12 netos e dois bisnetos.

Onésimo Carneiro Duarte faleceu em decorrência de complicações cardiovasculares.

Na foto, o tradicionalista sendo entrevistado pelo repórter da Rádio Esmeralda FM, Adelar Gonçalves, durante sua participação no 28º Rodeio Crioulo Internacional, de Vacaria.

 

Crédito: Zero Hora/Foto Arquivo Rádio Esmeralda FM

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat