• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

AGORA É OFICIAL: MICHAEL ROSENBAUM, O LEX LUTHOR, NÃO ESTÁ MAIS EM ‘SMALLVILLE’

Digiqole ad

Super-Homem sem Lex Luthor? E agora?? Pois é… Segundo a colunista Kristin dos Santos, do E!, o ator Michael Rosenbaum deu adeus a “Smallville”.

Não que isso seja uma enorme surpresa para os fãs – ele já tinha anunciado que esta temporada seria a última, mas ainda restava uma pontinha de esperança entre os fãs.

O seguinte comunicado foi divulgado pelos produtores da série e pelo canal CW: “Foi uma honra e um prazer trabalhar com Michael pelas ultimas seis temporadas. Ele é um dos melhores atores na TV e nunca deixou de trazer algo a mais para o personagem de Lex Luthor a cada episódio. Michael não será mais um ator fixo no elenco e não o teremos semanalmente na série na próxima temporadas, mas queremos acreditar que ainda não vimos tudo o que há para ver sobre Lex Luthor. Fique ligado.”

O próprio ator também escreveu uma carta para seus fãs:

“Queridos fãs de “Smallville”,
Bem, foram sete maravilhosos anos. Seu apoio é o que fez de ‘Smallville’ esse sucesso, e eu sou mais grato do que vocês imaginam. Dito isso, é hora de começar um novo capítulo na minha vida e minha carreira. Espero ter dado alguma diversão ao longo dos anos e que vocês tenham gostado da minha representação de Lex Luthor. Sou realmente grato, os fãs de ‘Smallville’ são os melhores.

Espero sinceramente que vocês continuem acompanhando minha carreira enquanto meu cabelo cresce e depois disso. Estou muito animado com o futuro, mas com certeza ‘Smallville’ sempre será parte de mim. Eu foi sentir muita saudade da melhor equipe do mundo e do elenco maravilhoso que foi como uma família para mim.

Obrigado, Al e Miles, por terem criado a série. Obrigado, roteiristas, produtores, diretores e editores. Obrigado, Tolling, Robbins e Davola pelo apoio no piloto. Obrigado, Peter Roth por me dar emprego por dez anos. Lesa Lewis, já sinto saudades de você. John Glover, obrigado por me ajudar a me sentir mais confortável ao tocar outros atores em cena. Bizarro, mas de muita ajuda.

Acima de tudo, quero agradecer Greg Beeman por dirigir o vídeo ‘Oh Sherry’, por Steve Perry, nos anos 80.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat