• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Abstenção no Enem chega a 28,6% em todo o país

 Abstenção no Enem chega a 28,6% em todo o país
Digiqole ad

O domingo foi o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O teste teve uma hora a mais do primeiro dia de prova, totalizando 5h30min, devido à redação, que teve como tema “Publicidade infantil em questão no Brasil”. Além disso, a partir das 13h, os participantes responderam questões sobre linguagens, códigos e matemática. Em todo o país, as abstenções chegaram a 28,64%, segundo o Ministério da Educação.

Mais 1.519 foram eliminados por desrespeitarem as regras do exame. Desses, 236 foram eliminados por uso indevido de celulares. O balanço foi divulgado na noite deste domingo pelo ministro da Educação, Henrique Paim.

Em Porto Alegre, o movimento foi tranquilo nas ruas. De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), apenas a avenida Manoel Elias apresentou um movimento mais intenso nas proximidades da Fapa.

A estudante Isadora Ceretta, de 17 anos, busca uma vaga, preferencialmente, em uma universidade federal para o curso de Direito. O pai Clóvis Ceretta a acompanhou na sua segunda participação. “Eu fiz no ano passado, mas só estou concluindo o colégio nesse ano. Estou tranquila porque já sei como é”, comenta ela que chegou mais de meia hora antes do início do exame na Estácio Fargs, no Centro Histórico.

Eduardo Fallavena, 20 anos, tentou o Enem pela primeira vez, mas ainda está em dúvida se cursa Educação Física ou Nutrição, nas federais. “Ontem me atrapalhei um pouco com o tempo durante a prova e fiquei nervoso, mas o resultado foi melhor do que eu esperava. Hoje, me planejei melhor e espero que seja mais tranquilo”, relatou o candidato, enquanto esperava o horário da prova em uma sombra em frente ao Colégio Estadual Júlio de Castilhos, no bairro Santana.

Em busca do sonho de fazer uma graduação, Darlan Costa, de 21 anos, chegou faltando pouco mais do que cinco minutos para o fechamento dos portões do Julinho. Costa deseja cursar Turismo e realizou o Enem pela segunda vez, além de ter estudado fazendo as provas das edições anteriores. Porém, assim como Isadora, apenas nesse ano é que realmente pode resultar no ingresso em uma universidade por estar concluindo o Ensino Médio.

Depois de Costa cerca de dez pessoas chegaram pouco tempo antes do início das provas, correndo contra o tempo e tendo como obstáculo o calor. Apenas uma menina chegou após o horário no colégio Júlio de Castilhos, mas ela não quis falar com a imprensa.

O Enem teve mais de 8,7 milhões de inscritos, número recorde, que farão a prova em mais de 1,7 mil cidades. No sábado, foram eliminados 65 inscritos por uso indevido de telefones celulares. Os gabaritos das provas serão divulgados até quarta-feira, 12, na página do exame na internet.

Além de servir como meio de ingresso a instituições federais de educação superior, a nota do Enem permite o acesso a políticas públicas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Ciência sem Fronteiras.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat