• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

A meta da Rede Schumann é atingir 100 lojas até 2013

Digiqole ad

Com crescimento de 58% ao ano, a Rede Schumann, do Oeste, quer concorrer com maiores varejistas.
Com seis unidades inauguradas no primeiro semestre e outras nove que abrirão as portas até dezembro, a Rede Schumann prepara-se para novos vôos.

A marca de 55 pontos de venda que a varejista deve alcançar em 2010 é apenas o início de um plano de expansão que projeta 100 lojas até 2013.

A Schumann tem presença forte no Oeste do Estado e também está presente no Rio Grande do Sul e no Paraná. Em 2011, desembarca no Litoral Catarinense, onde enfrentará concorrência mais forte das grandes varejistas nacionais.

A rede foi fundada e é comandada por André Schumann. Ao lado de um sócio, ele começou o negócio vendendo sofás numa garagem em Seara, quando tinha 17 anos. “Era tão apertado que se tivesse dois clientes, um esperava fora”.

Os primeiros clientes foram os próprios parentes. Quatro anos mais tarde, André desfez a sociedade e passou a atuar sozinho, com uma loja em Itá e outra em Seara.

O primeiro grande passo para o crescimento médio de 58% ao ano foi a inauguração de uma unidade em Chapecó.

Atualmente a Rede Schumann possui três lojas na maior cidade do Oeste e inaugura a quarta até o final do ano. O bom momento econômico de Chapecó e a localização dos pontos de venda ajudam a explicar o sucesso. “Somos líderes em 90% das cidades em que atuamos e queremos liderar em todas” afirma André.

A expansão da Rede Schumann ganhou impulso há um ano e meio, quando a varejista comprou 14 lojas da Rede Ademar.

A Schumann também assumiu pontos de venda das Casas Bahia em Concórdia, Passo Fundo e Lages – SC.

André acredita que a identificação regional é o caminho para alavancar o crescimento da sua empresa. “O pessoal da região gosta de um contato mais próximo, de conversar”, disse ele.

O resultado desta filosofia, resumida na afirmação de que é preciso ouvir o cliente, faz com que a empresa ligue para consumidores no dia do seu aniversário e faça o acompanhamento pós-venda 15 dias depois da compra.

Além disso, gerentes têm poder para flexibilizar pagamentos.
Outra estratégia é oferecer crédito direto aos clientes com mais de três compras a partir de agosto.

André começou como autodidata, mas depois cursou administração e fez três MBAs. Para ele, o varejo é 90% prática, mas sem os 10% de teoria o empresário não é nada.

 

Crédito: Jornal Diário Catarinense

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat