• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

25% das cidades gaúchas estão em situação de emergência

 25% das cidades gaúchas estão em situação de emergência
Digiqole ad

Mais cinco municípios do Rio Grande do Sul encaminharam decreto de situação de emergência para a Defesa Civil nesta quarta-feira. Com isso, o número de cidades em emergência devido à chuvarada subiu para 131, o que representa 25% das prefeituras gaúchas.

Conforme o último levantamento da Defesa Civil, divulgado no fim da tarde desta quarta-feira, o total de municípios que tiveram prejuízos por causa da chuva chega a 157, o que representa 30% das cidades gaúchas. Entre os atingidos, dois decretaram estado de calamidade pública: Barra do Guarita, no Noroeste, e Iraí, no Norte.

Apesar do aumento de municípios prejudicados, o número de pessoas fora de casa devido à chuva segue estável. Desde a tarde de terça-feira, 18,3 mil gaúchos estão fora das suas residências, sendo 1.321 desabrigados, aqueles que precisam de abrigo público, e 17.070 desalojados, aqueles que estão em casas de parentes ou amigos.

A chuva também provocou pelo menos duas mortes, de Eracildo Luiz Assmann, 56 anos, em Arroio do Tigre, e José Lindomar da Silva, 40 anos, em Jacutinga. A namorada de Eracildo, Paula Thon, 23 anos, segue desaparecida.

Mesmo com a trégua da chuva, o número de cidades prejudicadas segue aumentando porque as prefeituras precisam de tempo para contabilizar os prejuízos, segundo a Defesa Civil. Para realizar o levantamento dos danos, os municípios também precisam esperar a água baixar nas áreas alagadas.

— Num primeiro momento, o prefeito pode entender que os danos não são muito graves e, depois que a água baixa, vê que precisa decretar situação de emergência, principalmente devido às perdas na agricultura — explica o major Ben-Hur Pereira da Silva, da divisão de apoio técnico da Defesa Civil do Estado.

Nesta quarta-feira, pelo menos 13 rodovias gaúchas seguem interrompidas e devem ficar assim por tempo indeterminado. Os trechos ainda passam por avaliação e o tamanho do prejuízo ainda não foi computado.

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat